Publicidade
Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 20º C

Dois homens são presos suspeitos de terem matado turista em Florianópolis

O paulista Jadson de Andrade foi encontrado morto há cerca de um mês na praia do Moçambique

Redação ND
Florianópolis
17/10/2017 às 09H19

A Delegacia de Homicídios de Florianópolis prendeu na tarde desta segunda-feira (16) dois homens suspeitos de terem matado o turista Jadson de Andrade, de 32 anos, no dia 10 de setembro. O corpo do paulista foi encontrado abandonado um dia depois do crime, na praia do Moçambique. 

Jadson Andrade foi morto no dia 10 de setembro - Reprodução/Facebook/ND
Jadson Andrade foi morto no dia 10 de setembro - Reprodução/Facebook/ND



O delegado Ênio de Mattos, responsável pelo caso, não deu detalhes sobre as prisões. Disse apenas que os acusados, de 20 e 21 anos, foram localizados no Norte da Ilha e que já tinham passagens criminais. Eles afirmaram à autoridade policial que só pretendem se manifestar em juízo. Conforme o delegado, a polícia agora trabalha na localização de outros envolvidos no crime.

A principal linha de investigação é de que o turista paulista tenha sido executado por engano pelos bandidos. Jadson morava em São Paulo, mas veio a Florianópolis passar o feriadão de 7 de setembro. Ele não tinha passagens policiais e pode ter sido confundido com um integrante de uma facção criminosa paulista, que é rival à catarinense.

Sua execução foi filmada pelos criminosos e o vídeo foi compartilhado em redes sociais. As imagens mostram Jadson no banco de trás de um carro, sendo ameaçado. Ele nega ser integrante de uma facção e afirma que é trabalhador. Mesmo assim, é obrigado a descer do veículo e é executado pelas costas.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade