Publicidade
Sábado, 18 de Agosto de 2018
Descrição do tempo
  • 21º C
  • 13º C

Colombiano espancado por presos na Penitenciária da Capital morre no Hospital Celso Ramos

Detentos teriam levado o preso para um canto do quadrante destinado à recreação e bateram com a cabeça da vítima diversas vezes na parede de alvenaria

Colombo de Souza
Florianópolis
15/05/2018 às 22H22

O colombiano de Bogotá, Wilman Fernando Cote Ordenez, 35 anos, que cumpria pena na Penitenciária Estadual de Florianópolis, foi espancado durante o banho de sol e morreu no Hospital Celso Ramos. Ele não resistiu os ferimentos. As agressões ocorreram segunda-feira (14) à tarde.  

Um agente prisional contou que um grupo de presos levou o colombiano para um canto do quadrante destinado à recreação e bateu com a cabeça da vítima diversas vezes na parede de alvenaria. Os detentos também teriam espancando o colombiano.

Fernando foi atendido no local por uma equipe de saúde da penitenciária e, posteriormente, levado para o Hospital Celso Ramos por uma ambulância do Samu, onde morreu horas depois. O homicídio vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

Com a morte do colombiano, sobe para 71 os homicídios ocorridos neste ano em Florianópolis. A maioria dos assassinatos está ligada ao tráfico de drogas. No caso do colombiano, a polícia investiga uma possível desavença entre presidiários. Os detentos que estavam no banho de sol vão ser ouvidos pela delegacia de Homicídio, na penitenciária.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade