Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Oposição passa a defender interesses do governo na Assembleia e base a criar dificuldades

Paulo Alceu

De repente, a oposição passou a defender os interesses do governo no Legislativo. Enquanto os governistas apresentavam emendas com aumento de gratificações, os oposicionistas, como o PT, votavam contra. “É um projeto meritório, o Plano de Cargos e Salários, que há muito tempo estamos reivindicando, mas as emendas não têm a ver com objeto da proposta. Colocaram um jabuti ali”, disse o petista Dirceu Dresch, aumentando o abismo salarial no serviço público. É o que o governo Colombo sinalizou, inclusive, com dificuldades de cumprir com esses aumentos em época de crise.

Proposta ingressou na Alesc em regime de urgência, com 45 dias para ser discutida. Parada desde 2015, será votada mesmo sem ter passado por comissões - Miriam Zomer/Agência AL/ND
Miriam Zomer/Agência AL/ND



Publicidade
Publicidade
Publicidade