Publicidade
Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Avanços da legislação

Dilmo Berger

Florianópolis - 08/02/2019 08:02

A nação assistiu no início de fevereiro à eleição dos novos presidentes da Câmara dos Deputados e Senado Federal. Rodrigo Maia segue no comando da Câma­ra, enquanto Davi Alcolumbre lidera a presidência do Sena­do como estreante no posto mais alto da casa legislativa. Em meio a tratativas e dis­cussões exacerbadas os novos presidentes assumem com a missão de dar anda­mento a importantes projetos que pauta­rão a opinião pública nos próximos meses.

Em destaque estará a Reforma da Previ­dência, amplamente debatida nos últi­mos anos, mas com poucos resultados definitivos para di­minuir o atual rombo finan­ceiro estabelecido no setor. A aprovação da Reforma é ne­cessária para que o governo possa equilibrar as contas e priorizar outras pautas im­prescindíveis para os próxi­mos meses.

É de fundamental importân­cia que o legislativo paute assuntos que transformem o Brasil em uma nação mais empreendedora, com menos regulamentações e artifícios burocráticos que ferem as so­beranias individuais e coleti­vas. A classe empresarial cla­ma por um melhor ambiente de negócios com legislações mais flexíveis que atendam igualmente aos direitos do em­presário e do trabalhador bra­sileiro. Na esfera da segurança privada será imprescindível o papel do novo presidente do Senado para que seja aprecia­do pelos parlamentares o Es­tatuto da Segurança Privada.

A aprovação e sanção do pro­jeto de lei é primordial para ampliar a possibilidade de serviços prestados, especial­mente com as novas tecnolo­gias disponíveis, e dar segu­rança jurídica às empresas de segurança que defendem a propriedade privada dos brasileiros. O Sindicato das Empresas de Segurança Pri­vada de SC, em consonância com a Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores, é um dos defensores do estatuto à nível nacional e procura atuar de forma estratégica em prol de todo o segmento e principalmente da segurança dos catarinenses.

Dilmo Berger
Dilmo Berger

Presidente do Sindesp-SC

Publicidade

Envie a sua opinião ou sugestão de reportagem