Publicidade
Sábado, 19 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 24º C

Obra do Contorno Viário da Grande Florianópolis para pela terceira vez em 78 dias

Empreiteira Salini Impregilo suspendeu nesta terça-feira (8) as atividades dos 450 operários contratados.

Everton Palaoro
Palhoça
08/01/2019 às 17H20

As obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis foram paralisadas um dia após o retorno do recesso do final de ano. A empresa Salini Impregilo suspendeu o trabalho de 450 operários na manhã desta terça-feira. A empreiteira negocia deste o ano passado ajustes no contrato.  Ainda não há previsão para a retomada do trabalho.

Segundo a Salini Impregilo, existe há possibilidade do encerramento do contrato, mas não é a vontade dos gestores da contratada. Ainda de acordo com a Salini, todos os esforços para solucionar este novo impasse foram tomados. A empresa alega que chegou ao limite da negociação.

Ano passado, a reportagem do Jornal Notícias do Dia apurou que o excesso de dias de chuva comprometeu o trabalho. A metodologia de construção, que utiliza barro na base da pista, atrasa o recomeço da obra após grandes períodos de precipitação. A empreiteira buscava substituir a camada de barro por rochas.

O contorno terá 54 quilômetros e desse total, 34 estão em obras, sendo que a Salini é responsável por aproximadamente 30 quilômetros.  Desde outubro, está é a terceira paralisação do canteiro. A primeira foi dos operários por melhores condições de trabalho.  Já a segunda, também ocorreu para pressionar um ajuste no contrato entre empreiteira e concessionária Arteris Litoral Sul. A estimativa é que o contorno seja entregue até o final de 2021.

A Arteris Litoral Sul confirmou que a Salini Impregilo, atual construtora responsável pela obra do Contorno Viário de Florianópolis, paralisou mais uma vez suas atividades na manhã desta terça-feira sem qualquer tipo de prévio aviso.

Segundo a nota, a concessionária está notificando a empreiteira para que promova a retomada imediata das atividades e assim garanta o cumprimento do cronograma. A finalização do Contorno de Florianópolis não será impactada por essa paralisação. Ainda de acordo com o comunicado, a concessionária lamenta o fato, está negociando juridicamente a melhor solução para o caso, e ressalta que todos os compromissos financeiros contratuais com a Salini estão sendo cumpridos integralmente. A Arteris Litoral Sul possui 70% do Contorno em obras, com 34,4 quilômetros em andamento, e já investiu quase R$ 1 bilhão na implantação da nova rodovia.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade