Publicidade
Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017
Descrição do tempo
  • 19º C
  • 14º C

Com famílias ilhadas, operação no rio Sangradouro deve durar mais duas semanas, na Capital

Localidade do Sul da Ilha sofre há anos com assoreamento e poluição

Felipe Alves
Florianópolis
18/06/2017 às 17H39
Prefeitura começou uma operação para a limpeza e desassoreamento do rio na sexta-feira - Bruno Oliveira/PMF/Divulgação
Prefeitura começou uma operação para a limpeza e desassoreamento do rio na sexta-feira - Bruno Oliveira/PMF/Divulgação


Desde a última sexta-feira (16), a prefeitura começou uma operação para a limpeza e desassoreamento do rio Sangradouro, na Armação do Pântano do Sul, em Florianópolis. Há mais de duas semanas, mesmo com a maré baixa, famílias que moram às margens do rio estão ilhadas em suas casas, já que com o assoreamento e a poluição do rio houve alagamentos na região. A previsão da prefeitura é continuar os trabalhos pelas próximas duas semanas.

O prefeito Gean Loureiro esteve no rio neste domingo (18), quando equipes trabalhavam no local. “A gente sabe que tem previsão de chuvas novamente para a próxima semana e o trabalho preventivo é muito importante”, afirmou ele.

De acordo com o secretário de infraestrutura da Capital, Roberto Garcia, a prefeitura só conseguiu chegar com o maquinário no local na última sexta-feira, quando o nível da água baixou. “O rio é extenso e estamos fazendo a limpeza geral de todo local, como já fizemos no Itacorubi e Monte Verde”, disse ele.

O problema de assoreamento e poluição do rio Sangradouro não é novidade. Assoreado, aterrado em vários trechos e espremido entre muros e casas, nele é despejada a maior carga do esgoto doméstico das comunidades da Lagoa do Peri, Morro das Pedras, Armação e Matadeiro. Em pouco mais de três quilômetros, o rio atravessa a Armação, paralelamente à praia, até juntar-se às águas do rio Quincas, que desce do Pântano do Sul, também poluído, para desaguar entre a Ponta das Campanhas e o Matadeiro.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade