Publicidade
Sábado, 19 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 24º C

Advogada vítima de agressão em Florianópolis detalha relação conturbada e perseguição

Ana Cristina Rossi estava em uma festa no Sul da Ilha quando ela e um amigo foram alvos de agressão do ex-companheiro

colombo de souza
Florianópolis
07/01/2019 às 17H20

A advogada paulista Ana Cristina Rossi, 26 anos, denunciou o ex-namorado Hyuri Sérgio Duarte, 22, por agressão física na Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente e Idoso, em Florianópolis. Ao perceber que ela estava acompanhada em uma festa no Sul da Ilha, o ex quebrou o nariz de Ana com um soco e depois espancou o amigo dela. Ana Cristina foi medicada e submetida a uma cirurgia superficial. Ela levou três pontos no nariz.

O amigo, jogado de uma altura de cerca de três metros, segunda ela, foi internado no hospital com ferimentos graves. A advogada mora e trabalha em São Paulo, mas veio passar as festas de fim de ano na casa dos pais em Florianópolis. Ana Cristina aproveitou o feriadão de Natal e Ano Novo para comemorar com amigos no Sul da Ilha.

Ana Cristina Rossi deu entrevista exclusiva ao Balanço Geral Florianópolis - RICTV/Reprodução/ND
Ana Cristina Rossi deu entrevista exclusiva ao Balanço Geral Florianópolis - RICTV/Reprodução/ND


O jornal Notícias do Dia entrou em contato com o ex-namorado da advovaga, mas ele não quis comentar o assunto com detalhes. Apenas disse que aquilo que ela fala não é verdade. Sobre os ferimentos nas vítimas, ele somente comentou que realmente aconteceu. Hyuri ressaltou que ainda não prestou depoimento na polícia. Disse ter conhecimento de uma medida protetiva e afirmou que não vai mais procurar a ex.

A empresa em que ele trabalha divulgou uma nota nas redes sociais de que não compactua com esta atitude e revelou que o funcionário vai ficar afastado até que seja concluído o inquérito policial. O namoro entre a advogada e Hyuri durou um ano e dois meses. Neste período, ocorreram várias discussões e ameaças. Segundo a advogada, o ex é machista e obcecado pelas pessoas com quem se relaciona, tratando-as como posse.

Empresa em que Hyuri trabalha emitiu nota de esclarecimento nas redes sociais - Reprodução/ND
Empresa em que Hyuri trabalha emitiu nota de esclarecimento nas redes sociais - Reprodução/ND


Relação estremecida

Em decorrência do ciúme doentio, Ana Cristina contou que terminou o namoro em agosto do ano passado, após o retorno de uma viagem ao Nordeste. Naquela ocasião, ele discutiu com ela por motivos fúteis. “Por eu ter impedido de vasculhar meu celular, ele me ameaçou e chutou a porta do hotel”. Nos meses seguintes, Hyuri voltou a importuná-la por telefone. “Eu o bloqueei de meus contatos, mas ele trocava de telefone e mandava recados prometendo que iria mudar de comportamento”.

A última vez que os dois conversaram frente a frente, numa tentativa de reconciliação por parte dele, ocorreu em novembro do ano passado em frente ao portão do condomínio em Florianópolis, onde mora a mãe da advogada. Mas Ana Cristina não aceitou. Ela afirmou que o ex fica agressivo quando bebia e, quando sóbrio, colocava a culpa na bebida.

Ana Cristina fez relato sobre agressão nas redes sociais - Reprodução/ND
Ana Cristina fez relato sobre agressão nas redes sociais - Reprodução/ND


Festa e agressão

As agressões ocorreram em uma festa no dia 30 de dezembro no Sul da Ilha. Ana Cristina se divertia com amigos. Estava feliz. Antes de ir embora, ela pressentiu que algo de errado poderia acontecer porque sentiu uma sensação de que Hyuri a seguia. A advogada estava acompanhada de um amigo e, quando se aproximou num momento mais íntimo, o ex surgiu de repente e segurou na cintura dela intimando-a: “Preciso falar contigo”. Ana Cristina conseguiu se desvencilhar e tentou sair dali o mais rápido possível.

No  Facebook, a advogada  relatou o diálogo com o agressor:  “Nós levantamos pra ir embora (ela e o amigo) e nos aproximamos, eu realmente não lembro. Foi o que me contaram. Ele perguntou a uma amiga aonde íamos, ela não respondeu. Ele disse e ela ouviu: 'ahhh não, na minha frente não'”. Obcecado, Hyuri avançou contra o casal e agrediu os dois.

Confira a entrevista a entrevista exclusiva de Ana Cristina Rossi ao Balanço Geral Florianópolis:

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade