Publicidade
Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Veja as justificavas dos jurados para as notas dadas às escolas de samba de Florianópolis

Os quesitos que mais fizeram as escolas perder pontos este ano na Nego Quirido foram fantasias e enredo

Felipe Alves
Florianópolis
06/03/2017 às 18H25

A Liesf (Liga das Escolas de Samba de Florianópolis) divulgou nesta segunda-feira (6) as justificativas dos 27 jurados para cada uma das notas atribuídas aos desfiles das escolas de samba no Carnaval 2017. Com as respostas detalhadas em mãos, as escolas podem avaliar os erros de cada quesito para trabalhar as melhorias para o próximo Carnaval. Neste ano, no total, os quesitos que mais fizeram as escolas perder pontos foram fantasias (3,4 pontos na soma de todas as escolas) e enredo (3 pontos).

Coloninha tem agora nove títulos - Marco Santiago/ND
Coloninha, a escola campeã, perdeu pontos no quesito enredo - Marco Santiago/ND



A Unidos da Coloninha, escola campeã este ano, conquistou 23 notas 10, finalizou o Carnaval com 269,3 pontos e, no total, perdeu sete décimos. A maior perda da escola foi no quesito enredo, em que levou duas notas 10 e uma nota 9,6. O julgador tirou décimos da escola pois entendeu que as alas 1 e 10 não apresentavam riqueza de elementos e argumentos para a defesa das ideias e também tirou pontos por considerar o roteiro apresentado de forma genérica.

Vice-campeã, a Embaixada Copa Lord perdeu mais pontos em samba-enredo (0,5 décimos no total) e em fantasias (0,3). No samba, os jurados consideraram que faltou riqueza melódica e criatividade em determinas partes e pediram mais criatividade em relação ao enredo. Nas fantasias, a Copa perdeu pontos por ter componentes desfilando com sapatos diferentes e com fantasias incompletas.

A Consulado, que voltou para o grupo especial e ficou em terceiro lugar este ano, perdeu pontos principalmente nos quesitos harmonia (0,6 décimos no total) e fantasias (0,3). Em harmonia, os juradores avaliaram que faltou entrosamento entre os componentes com o puxador e a falta de igualdade do canto entre os componentes. Em fantasias, a escola perdeu pontos por apresentar uma ala com componentes usando sapatilhas de cores diferentes e por apresentar adereços inconvenientes com a proposta do enredo.

 

Todas as escolas perderam pontos em fantasias

Os Protegidos da Princesa, que ficou em quarto lugar, perdeu mais pontos em fantasias, enredo e harmonia (0,5 décimos no total de cada quesito). Em fantasias, a escola perdeu pontos pelo mal acabamento na ala das baianas e por ter componentes com fantasias incompletas. No enredo, a escola perdeu pontos por não identificar devidamente uma das alas no roteiro e pela pouca riqueza de elementos na ala das baianas. No quesito harmonia, os jurados entenderam que faltou entrosamento entre os componentes e o puxador e faltou igualdade do canto entre os componentes.

A Nação Guarani, que ficou em quinto lugar, perdeu 1,1 ponto em fantasias, 0,7 décimos em harmonia e 0,7 em enredo. Em fantasias, a escola perdeu pontos por ter componentes com calçados de cores diferentes e fantasias incompletas. Na harmonia, a agremiação perdeu pontos pela falta de igualdade do canto entre os componentes. Em enredo, os jurados tiraram pontos por existir uma ala na avenida que não havia sido identificada no roteiro e alas de difícil compreensão.

A Dascuia, que ficou em último lugar, perdeu 2 pontos com o desmaio da 1ª porta-bandeira da escola. A agremiação ainda perdeu 1 ponto em enredo e 1,1 em fantasias. Os juradores avaliaram que a ideia central do enredo não foi bem desenvolvida e que faltou riqueza de elementos em algumas alas. Em fantasias, a Dascuia perdeu pontos por ter componentes com camisetas de cores diferentes, falta de chapéus e fantasias incompletas.

 

Os décimos perdidos

Cada escola foi avaliada por três jurados em nove quesitos, podendo chegar à soma máxima de 270 pontos. Confira abaixo os pontos retirados de cada quesito por escola:

1º - Unidos da Coloninha (269,3 pontos): perdeu 0,4 décimos em enredo, 0,1 em harmonia, 0,1 em fantasias e 0,1 em alegorias e adereços.

2º - Embaixada Copa Lord (268,7): perdeu 0,5 décimos em samba-enredo, 0,3 em fantasias, 0,2 décimos em bateria, 0,2 em enredo e 0,1 em alegorias.

3º - Consulado (268,5): perdeu 0,6 décimos em harmonia, 0,2 em samba-enredo, 0,2 em evolução, 0,2 em enredo e 0,3 em fantasias.

4º - Os Protegidos da Princesa (267,2): perdeu 0,5 décimos em harmonia, 0,5 em enredo, 0,5 em fantasias, 0,4 em samba-enredo, 0,3 em evolução, 0,3 em mestre-sala e porta-bandeira, 0,2 em bateria e 0,1 em comissão de frente.

5º - Nação Gurani (265,6): perdeu 1,1 pontos em fantasias, 0,7 em harmonia, 0,7 em enredo, 0,4 em samba-enredo, 0,4 em mestre-sala e porta-bandeira, 0,4 em alegorias e adereços, 0,3 em evolução, 0,2 em bateria e 0,2 em comissão de frente.

6º - Dascuia (264,1): perdeu 2,2 pontos em mestre-sala e porta-bandeira, 1,1 em fantasias, 1 em enredo, 0,6 em harmonia, 0,4 em samba-enredo, 0,4 em evolução e 0,2 em alegorias e adereços.

 

Confira todas as justificativas no site da Liesf

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade