Publicidade
Terça-Feira, 19 de Junho de 2018
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 15º C
  • #TORCIDANDCopa #dia5: CBF manda carta à Fifa, Inglaterra vence e belgas empolgamMAIS COPA

PCH Pito, mais uma aliança de forças no desafio sustentável

Parceria com BRDE em Campos Novos é exemplo de eficiência energética e baixo impacto para o ambiente

Alessandra Cavalheiro
Florianópolis
18/12/2017 às 14H15

 

Objetivo dos projetos é eficiência energética, sustentabilidade e responsabilidade ambiental - Pixabay
Objetivos dos projetos são eficiência energética, sustentabilidade e responsabilidade ambiental - Pixabay



A energia de baixo impacto ambiental, limpa e renovável, torna-se mais urgente a cada dia. Com isso, aumenta o número de empreendimentos em busca de eficiência da matriz energética brasileira. Estas são características visíveis nas PCHs – Pequenas Centrais Hidrelétricas. A PCH Pito, de propriedade da Pinhal Geradora de Energia S/A, é mais um exemplo de sucesso neste desafio sustentável, na localidade de Pito Aceso, em Campos Novos/SC. No caminho das águas do rio Lajeado Passo Grande, na bacia hidrográfica do rio Uruguai, a central possui potência instalada de 4,4 MW, de forma que supre praticamente 25% de toda a energia consumida no município, sendo entregue diretamente à rede elétrica da Celesc.

 “As PCHs possuem como principal objetivo a eficiência energética, a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental. Representam um importante incremento na geração de energia elétrica, uma atividade de utilidade pública, cada vez mais necessária, devido ao desenvolvimento tecnológico para atendimento das necessidades humanas”, diz o diretor presidente da Pinhal Geradora de Energia S/A, Felipe Tomé Guerreiro Martini.

 Martini lembra que a energia das PCHs se dá por meio da transformação do movimento da água em energia elétrica, que é devolvida para o rio, não havendo poluição, nem diminuição do volume de água.  Ele explica que, para a geração ser possível, é necessário barrar o rio e formar um reservatório, o que pode acarretar alguns impactos ambientais. O diretor observa que, para avaliar tais impactos, elabora-se um diagnóstico ambiental dos meios físico, biótico e socioeconômico, e após avaliar este estudo, são propostas e tomadas medidas para prevenir, minimizar ou compensar os efeitos negativos.

 

 Foco na responsabilidade ambiental

 A PCH Pito é mais uma parceria com foco na sustentabilidade do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE. Já reconhecido como um dos maiores financiadores do setor em Santa Catarina, o Banco tem o histórico de financiamento de 59 projetos de energia hídrica, com valores na ordem de R$ 638 milhões. O gerente de operações da agência do BRDE em SC – Marcone Souza Melo, afirma que projetos deste tipo beneficiam diretamente a região.  

 “Em maior ou menor escala, são gerados empregos, há aquisições de alguns insumos do projeto no comércio local, muitas vezes são feitas melhorias no acesso à CGH, que beneficiam moradores da zona rural dos municípios”, diz Melo. Há também geração de tributos que posteriormente retornam para o município onde está localizado o empreendimento. “De forma indireta, beneficia a região na medida em que todo projeto de geração de energias renováveis descentralizado melhora a matriz energética do país, com baixos impactos ambientais e reduzindo o custo da energia para quem adquirir o que for produzido pela CGH”, declara o gerente de operações.

 Para o diretor presidente da empresa Pinhal Geradora de Energia S/A, Felipe Martini, esta se mostrou uma grande aliança de forças entre empreendedores e banco em prol do desenvolvimento sustentável da matriz energética brasileira e apoio ao pequeno produtor. “A larga experiência do banco em relação ao mercado energético, no qual participou já no início do estágio de desenvolvimento deste projeto, desde a colaboração no envio de informações para a melhor formatação até a captação, permitiu otimizar e viabilizar o projeto”, afirma Martini.

 

Investindo no futuro

PCH Pito é mais um exemplo de sucesso neste desafio sustentável, em Campos Novos/SC - Divulgação/Pinhal SA
PCH Pito é mais um exemplo de sucesso neste desafio sustentável, em Campos Novos/SC - Divulgação/Pinhal SA


A PCH Pito tem 22 km em circuito simples de 23kV. O custo de Implantação desta PCH é de R$ 17.585.895,00. Destes, o BRDE financiou R$ 10 milhões. A parceria ajudou a possibilitar a entrada deste projeto no Leilão de Energia Nova, e ele saiu vencedor e contratado, com um valor de R$ 134,90 por MWh, pelo prazo de 30 anos.

 

Vantagens para Santa Catarina

 - Projetos com baixos impactos ambientais

- Geração de empregos

- Geração de tributos

- Diversificação e ampliação da matriz energética do estado

- Redução do déficit de produção de energia do estado

- Diversificação e ampliação da matriz energética do estado

- Redução do déficit de produção de energia do estado

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade