Publicidade
Sábado, 21 de Outubro de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 19º C

Sintonia com a Agenda Ambiental na Administração Pública

Proteção da natureza é prática nos órgãos públicos e BRDE alcança resultados em Florianópolis, depois de aderir à A3P

Alessandra Cavalheiro
Florianópolis
04/10/2017 às 11H27

Ações de sustentabilidade do BRDE são ampliadas, em sintonia com Agência Pública  - Foto/Divulgação BRDE
Ações de sustentabilidade do BRDE são ampliadas, em sintonia com Agência Pública - Foto/Divulgação BRDE





Práticas que protegem o ambiente fazem parte da agenda da A3P (Agenda Ambiental na Administração Pública), um programa do Ministério do Meio Ambiente para estimular os órgãos públicos do país a implementarem ações de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus custos.

O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: executivo, legislativo e judiciário. É uma agenda voluntária. Em 2015, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE aderiu formalmente à A3P, com a finalidade de absorver as melhores práticas socioambientais nacionais e internacionais. Na prática, o BRDE já conseguiu reduzir em cerca de 90% a quantidade de papel em suas operações em Florianópolis, passando a uitlizar o sistema eletrônico de envio de documentos entre o Banco e as cooperativas de crédito, por exemplo. E outras ações estão por vir, alinhadas à A3P.

O Banco tem fortalecido sua adesão às recomendações A3P para inserir no seu contexto interno as boas práticas sustentáveis que espera de seus clientes. Para o BRDE, usar de forma racional os recursos naturais é obrigatório. “A sociedade exige práticas sustentáveis para o planeta, e o BRDE defende que estas ações devam ser ampliadas e permanentes”, afirma o Diretor Neuto Fausto De Conto.

Comprometimento com A3P é ampliado

Como primeiro passo da implantação da Agenda, em 2016 foi constituída a Comissão A3P, composta pelos gerentes administrativos das três Agências do BRDE sob liderança da Coordenadoria de Responsabilidade Socioambiental. Também foi realizado o diagnóstico socioambiental, através do Sistema RESSOA, do Ministério do Meio Ambiente - MMA, estabelecendo as bases para os planos de ação a serem desenvolvidos.

 Em maio de 2017, o BRDE ampliou seu comprometimento com a Agenda Ambiental mediante acordo de cooperação com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e Secretarias de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O objetivo do acordo é a promoção e divulgação da A3P entre os órgãos públicos da Região Sul.

O benefício direto da agenda se move em seis eixos: racionalização do uso dos recursos naturais, a destinação correta dos resíduos, licitação e compras sustentáveis, construções sustentáveis, qualidade de vida no trabalho, sensibilização e capacitação.

 

Exemplos de Ações desenvolvidas pelas Agências do BRDE

Paraná

Cisterna para reaproveitamento da água da chuva

A instalação de uma cisterna de 5.000 litros de capacidade para reaproveitamento de água de chuva foi uma das principais ações de responsabilidade socioambiental praticadas pela Agência do BRDE em Curitiba. A água da chuva passou a ser reaproveitada na limpeza externa do prédio e na irrigação de plantas. Além da cisterna, foram substituídas 200 lâmpadas fluorescentes por LED no 1º piso da agência, reduzindo o consumo de energia elétrica.

Santa Catarina

Envio eletrônico de documentos

Em Florianópolis, destacou-se a utilização do sistema eletrônico de envio de documentos entre o BRDE e as cooperativas de crédito, que repassam recursos ao mutuário final. Isso permitiu a redução de aproximadamente 90% da quantidade de papel em circulação.

Rio Grande do Sul

Emprego de redutores de vazão de água

Nas dependências do BRDE em Porto Alegre – entre Agência e Direção Geral – foram instalados redutores de vazão de água em todas as torneiras, de forma a reduzir a vazão para um volume três vezes menor.

 

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade