Publicidade
Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 17º C

O dia-a-dia de Joinville e região contado por Luiz Veríssimo.

Justiça Militar condena dois ex-cabos por furto de armas no 62º BI de Joinville

Crime ocorreu em 2012 e a Polícia Civil suspeitou,na época, que as 47 armas foram parar com criminosos

Luiz Veríssimo

Pela primeira vez em seu centenário de existência, integrantes do 62º Batalhão de Infantaria (Joinville) foram condenados pela mais alta corte da Justiça Militar. Dois cabos armeiros foram condenados pelo Superior Tribunal Militar (STM) por furtos armas ocorridos entre junho e setembro de 2012. De acordo com a sentença divulgada recentemente, os réus lucraram R$ 38 mil com a venda de 47 armas. Uma delas (revólver) foi apreendida pela Polícia Civil depois de ser utilizada em um assalto em Joinville.

Os condenados foram expulsos do Batalhão e não tiveram seus nomes revelados. De acordo como os autos, foram desviados pistolas e revólveres que estavam armazenas dentro do quartel para serem entregues a uma sessão militar responsável pela guarda e mais tarde destruídas. Os armeiros levavam o material furtado em mochilas ou escondidas na própria roupa, em cada dia poucas unidades. O caso só foi descoberto quando chegou no local uma equipe externa responsável por destruir o armamento depositado.

Confissão

Os dois ex-cabos do 62º BI confessaram o crime. Um deles acabou colaborando com o Ministério Público Militar e identificou alguns compradores. Um deles foi localizado e devolveu os sete revólveres que adquiriu. Na época (2012), depois que uma das armas foi recuperada com o autor de um assalto, a Polícia Civil suspeitou que o os principais clientes do lote roubado fossem criminosos.

Liberdade

O réu que colaborou com nas investigações foi condenado a seis anos de reclusão. O segundo réu recebeu uma pena maior (nove anos). Durante o período de tramitação do recurso ao STM, ambos tiveram o benefício de esperar a decisão final em liberdade.        

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade