Publicidade
Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 17º C

A economista Janine Alves traz os principais fatos da economia de Santa Catarina e do país com uma leitura descomplicada e acessível, evitando o “economês” e buscando sempre traduzir os assuntos mais importantes da área para os leitores do ND. 

  • Aposentadoria: 25% a mais para aposentados que precisam de assistência permanente

    Não é nenhuma novidade, mas pouca gente sabe disso: Idosos que necessitam de assistência permanente de outra pessoa têm direito a um acréscimo de 25% na aposentadoria, conforme estipula o art. 45, caput, da Lei 8.213/1991 (Lei de Benefícios da Previdência Social) e art. 45 do Decreto 3.048/1999 (Regulamento da Previdência Social). Estão incluídas na relação das doenças que dão direito ao adicional: câncer em estágio avançado, cegueira total, paralisia irreversível e incapacitante, paralisia dos dois membros superiores ou inferiores; alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social (exemplo o Mal de Alzheimer), doença que exija permanência contínua no leito, incapacidade permanente para as atividades da vida diária, entre outras. Importante destacar que conforme a legislação, quem terá direito a este benefício é apenas quem se enquadra na aposentadoria por invalidez. Segundo o INSS, o acréscimo é exclusivo para as[...]

    Leia mais
  • A Engie vai investir R$ 2,9 bilhões em fonte de energia renovável no Brasil até 2020

    Diretor-Presidente da Engie Energia Brasil, Eduardo Sattamini - Duda Hamilton
    Diretor-Presidente da Engie Energia Brasil, Eduardo Sattamini - Duda Hamilton


    Entre 2018 e 2020, a ENGIE investirá R$ 2,9 bilhões em projetos eólicos no Brasil, como parte de sua estratégia global de crescer através da geração de energia proveniente de fontes renováveis. Dois grandes complexos eólicos estão em construção na Bahia: Campo Largo, que iniciou a operação comercial em 04 de julho, e Umburanas, em fase de obras civis, que iniciará operações no início de 2019. Os empreendimentos terão capacidade de gerar, respectivamente, 326,7 MW e 360 MW em suas primeiras fases. 

    “As eólicas respondem por cerca de 60% da capacidade de nossos projetos em fase de desenvolvimento mais avançada, isto é, aqueles que ainda não tiveram a construção iniciada, mas estão aptos a participar de leilões regulados de compra de energia”, diz o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini, citando como exemplo o 

    projeto Santo Agostinho (700[...]

    Leia mais
  • Conjuntura econômica: crescimento do mercado de Beleza

    O Segmento de beleza movimentou em 2017 aproximadamente R$ 30 milhões de reais, um crescimento de mais de 12% se comparado só ao ano anterior, segundo dados do Instituto Data Popular. O Instituto revela ainda que, no mercado brasileiro, as mulheres têm um dos maiores gastos na estética. Elas consomem cerca de 150 reais com beleza.

    Segundo a médica dermatologista Mariana Barbato, o inverno é o período de maior movimento de pessoas em busca de procedimentos que preparam o corpo para o calor. Só para se ter uma ideia, no último mês o aumento nos atendimentos da sua clínica foi de cerca de 30% se comparado ao mesmo período do ano passado, mesmo percentual de crescimento do público masculino. A demanda por procedimentos em pacientes mais jovens cresceu também. A dermatologista revela que o público com idade menor que 40 anos é de 50%.

  • Oportunidade: Programa Jovem Aprendiz para pessoas com necessidades especiais

    A ENGIE abriu processo seletivo para o Programa Jovem Aprendiz, com vagas destinadas exclusivamente para pessoas com deficiência. Podem participar estudantes que tenham concluído ou estejam cursando o ensino médio. Também é imprescindível o preenchimento do cadastro com a informação do CID e tipo de deficiência, assim como apresentar laudo médico que atenda a legislação (Lei nº 10.097/2000).

    Os benefícios do Programa incluem, Bolsa Remuneração de R$ 912,37, Vale Alimentação (R$ 15,00 por dia sendo total de 22 dias), Vale Transporte e Plano de Saúde. Os selecionados irão atuar na sede da Companhia em Florianópolis, de segunda a sexta-feira.

    O Programa estabelece a rotina de 3 horas diárias de atuação na empresa e 4 horas de estudo no curso de qualificação como assistente administrativo, oferecido pelo Senai/SC, com duração total de 1 ano.

    As inscrições estão abertas até 1 de julho e devem ser realizadas pelo site.

    Leia mais
Publicidade
Publicidade