Publicidade
Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

AVAÍ: Chuta André Moritz. Abriu, clareou? Chuta essa bola

Meia do Avaí tem como característica o bom chute de média distância. No Avaí tem faltado essa qualidade

Fábio Machado

O experiente André Moritz, meia do Avaí que ontem concedeu entrevista coletiva na Ressacada, curte o momento da sua recuperação física e do gol marcado no domingo diante do Tubarão. Moritz, de uma família bem estruturada, articulado - conhece e fala vários idiomas, sempre foi cobrado por este colunista sobre uma virtude que ele demonstrou nos clubes por onde passou e que por aqui passava em branco: os chutes de média e longa distância. No ano passado em várias partidas, o lance clareava e faltava exatamente o arremate, o chute. No dia seguinte a esses jogos cobrava aqui neste espaço de forma bem-humorada “chuta Moritz, chuta! ”. Voltando a coletiva de ontem, o meia afirmou que prefere atuar mais próximo da área e não como segundo volante como vem sendo aproveitado nesse seu retorno para o estádio da Ressacada. O experiente atleta pode contribuir muito com essa equipe nesta temporada.

Rafinha, André Moritz e Martinuccio apresentados na Ressacada - Leandro Boeira/AvaíFC
André Moritz, meia do Avaí - Leandro Boeira/AvaíFC



Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade