Publicidade
Domingo, 24 de Junho de 2018
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 15º C
  • #TORCIDANDTécnico sérvio vê 'gol bobo' e projeta jogo com o Brasil: 'Nada é impossível'Mais copa

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

A denúncia sobre a confusão no Clássico está incompleta. É preciso fazer justiça

Na relação que o Dr. Mário César Bertoncini vai enviar para o tribunal tem ausência e uma "injustiça"

Fábio Machado

A notícia veiculada hoje no Jornal Notícias do Dia, informando que a procuradoria-geral do TJD-SC vai formalizar denúncia contra os envolvidos na confusão do último do clássico é um alento.  Serão citados o treinador Claudinei Oliveira, Marquinhos Santos e Luanzinho do lado do Avaí e Milton Cruz pelo Figueirense.

Não é mais possível que o espetáculo do futebol seja manchado com as imagens que ontem circularam na imprensa.

Mas, o meu amigo e gente da melhor qualidade, Dr. Mário César Bertoncini precisa ampliar a relação dos nomes que hoje ele vai apresentar ao tribunal. A justiça deve prevalecer. Vou aqui pontuar as ausências e um nome que não deveria estar nessa lista.

Milton Cruz

Por que o nome do Milton Cruz vai ser citado?  Vi e revi as imagens e o treinador do Figueirense nem era para ser expulso. Na verdade, foi para efeito de compensação do próprio árbitro. O que o treinador alvinegro fez ali no bolo foi separar. Nada diferente de todos os outros da confusão. Ah, o treinador errou nas alterações, mas aí o julgamento é dos torcedores do clube e não do tribunal.

PEREIRA E O JORGE HENRIQUE

O Dr. Mário César Bertoncini avaliou que a comemoração do Marquinhos Santos foi provocativa. Concordo, sem reparos. E a comemoração do Jorge Henrique imitando cachorro mijando próximo da torcida do Avaí? Além das “provocações” antes do clássico? Vai passar em branco?

O Marquinhos Santos agrediu o Pereira. Sim, tem que ser citado. Mas o que o Pereira fazia ali no lance trocando empurrões com o jogador do Avaí? Concordo que com menos gravidade que o soco levado, porém o Pereira era para ser citado. Até porque o próprio jogador avaiano afirmou em entrevista que o jogador do Figueirense foi tirar satisfação por causa de uma foto que o meia avaiano publicou em sua rede social após o clássico da Ressacada (na cobrança do pênalti, o Pereira está de cabeça abaixada).

Ora, que cite o Pereira também e que depois o tribunal avalie a sua conduta.

Fico muito feliz, que o Tribunal está atento. Mas que se amplie essas denúncias. Está incompleta.

Publicidade

8 Comentários

Publicidade
Publicidade