Publicidade
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 19º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região, sob a ótica do experiente e muito bem informado jornalista.

  • Corregedoria vai apurar uso de celular por guarda municipal de Florianópolis

    O caso do agente da Guarda Municipal de Florianópolis flagrado usando o celular enquanto dirigia uma viatura oficial foi encaminhado à corregedoria para abertura de um processo administrativo, com prazo de conclusão de 30 dias, prorrogáveis pelo mesmo período. A foto do flagrante, que teria sido feita na Ponte Colombo Salles, repercutiu nas redes sociais nesta sexta-feira. “Lamento que isso tenha ocorrido, nós fiscalizamos e temos que servir de exemplo”, afirmou a secretária municipal de segurança, Maryanne Mattos. “Ele errou, e deve responder por isso, mas isso  não diminui todo o trabalho realizado, com o pouco efetivo que a gente te

  • Previdência municipal é pivô de novo impasse entre governo Gean Loureiro e servidores

    Em novo embate, o governo Gean Loureiro (PMDB) e o Sintrasem, o sindicato dos servidores municipais, protagonizam uma guerra de versões. No centro, a situação previdência. Os sindicalistas alegam que a “prefeitura descontou R$ 23 milhões da folha dos trabalhadores e não repassou ao fundo previdenciário”. Falam, inclusive em crime de improbidade administrativa do prefeito. De outro lado, o Executivo alega que está rigorosamente em dia com os repasses. Divulgou, nesta quinta-feira, declaração assinada pelo presidente do Ipref (Instituto Municipal de Previdência), Marcelo Panosso Mendonça, que registra que as transferências das contribuições descontadas dos segurados foram feitas normalmente até setembro. Afirma ainda que está sendo realizado um “lançamento contábil apropriado” para corrigir inconsistências e que esse trabalho “tem ajustado e corrigido as inconsistências pretéritas que causam frisson intempestivo”. Desde ontem, a categoria está em[...]

    Leia mais
  • Entidades sustentam que demolição de beach clubs vai causar prejuízo econômico e social

    Representantes de 13 entidades que fazem parte do Fortur (Fórum de Turismo de Florianópolis) estão em Porto Alegre (RS) para reuniões com os desembargadores da 3ª Turma do TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) que vão decidir na terça-feira sobre o pedido de demolição dos beach clubs de Jurerê Internacional. Nesta quinta-feira (19), o grupo foi recebido pelas desembargadoras Marga Tessler e Vânia Hack de Almeida. Nesta sexta-feira, a conversa será com o desembargador Rogério Favreto.

    O Fortur argumenta que, se mantida a decisão judicial, a derrubada dos bares causará prejuízo econômico e social à cidade, com reflexos negativos ao turismo. “Seria a roda girando ao contrário”, fala Zena Becker, integrante do conselho da ONG FloripAmanhã.

    “Esses empreendimentos não estão em área de preservação permanente são consolidados e conhecidos por turistas do Brasil e do exterior. Os beach clubs movimentam a economia regional, geram centenas de[...]

    Leia mais
  • Projeto libera cerveja em estádio, ginásios e arenas esportivas de Florianópolis

    Projeto apresentado pelo vereador Gabriel Meurer (PSB) autoriza a venda e o consumo de cerveja para maiores de 18 anos nos estádios de futebol, ginásios e arenas esportivas de Florianópolis. Ele afirma que a proibição, em vigor desde 2009, não surtiu o efeito esperado, em função do crescente consumo de bebidas alcoólicas nas imediações desses locais, o que causa ainda mais transtornos tanto para os torcedores, quanto para moradores das regiões. A expectativa é de votação em regime de urgência em virtude da proximidade do início do Campeonato Catarinense.