Publicidade
Sábado, 21 de Outubro de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 19º C

Assuntos da Grande Florianópolis e os temas cotidianos das cidades da Região Metropolitana – incluindo resgates diferenciados da memória histórica –, são acompanhados de perto pelo colunista Carlos Damião, que tem mais de 30 anos de vivência profissional.

  • UFSC afasta corregedor e nomeia comissão de sindicância

    Um ato administrativo da Reitoria da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) desta sexta-feira, 20/10, afastou pelo prazo de 60 dias o corregedor da instituição, Rodolfo Hickel do Prado, servidor público federal da AGU (Advocacia Geral da União). Foi o corregedor quem encaminhou denúncia contra o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo e outras seis pessoas à CGU (Controladoria Geral da União), sobre supostas irregularidades no programa de bolsas de estudo de ensino a distância do curso de Administração.

    Ao mesmo tempo, o ato, assinado pelo chefe de Gabinete da Reitoria, professor Áureo Moraes, nomeou a Comissão de Processo Administrativo Disciplinar composta pelos professores:

    • Carlos Araújo Leonetti (Direito), presidente;
    • Glicério Trichês (Engenharia Civil), membro
    • Rolf Bertrand Schroeter (Engenharia Mecânica), membro.

    A Comissão tem o prazo de 60 dias para "apurar os fatos relatados no processo e eventuais infrações conexas que surgirem no[...]

    Leia mais
  • Urgência da Operação Ouvidos Moucos ainda não se justificou

    Nesta sexta-feira, 20/10, faz um mês que entrevistei o reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier (in memoriam), no escritório de seus advogados, em Florianópolis. Preso no dia 14 de setembro, ele foi solto um dia depois, junto com outras seis pessoas ligadas à universidade, acusadas de irregularidades na gestão do programa de bolsas de ensino a distância do curso de Administração. As prisões foram explicadas como “urgentes” pela Polícia Federal, no mesmo dia 14 de setembro, como indispensáveis às investigações do suposto esquema, que abrangeria um longo período (de 2006 a 2016), sem atingir, no entanto, a gestão do reitor Cancellier.

    A urgência era tanta que o caso se transformou em segredo de justiça e não há até agora, a rigor, nada que possa justificar as prisões com tanta pressa e com cerceamento ao amplo direito de defesa e à presunção da inocência, garantias constitucionais abolidas no Brasil desde o início da Operação Lava Jato. Autoridades[...]

    Leia mais
  • Há um ano, auditores do trabalho denunciavam dificuldades para fiscalizar

    Fac-símile da página publicada pelo ND em 28/9/16 - Reprodução
    Fac-símile da página publicada pelo ND em 28/9/16 - Reprodução


    Os auditores fiscais do trabalho de 21 Estados entraram em greve nesta quarta-feira, 18/10. Eles protestam contra a decisão do governo federal que "aliviou" a fiscalização e as punições relacionadas ao trabalho escravo no país, como forma de contentar a chamada "bancada ruralista", composta por parlamentares eleitos pelo setor agropecuário para defender seus interesses no Congresso Nacional. 

    Em 28 de setembro de 2016, quando Michel Temer já estava na presidência da República, o ND publicou um caderno especial sobre a atuação dos sindicatos em Santa Catarina, destacando o papel do Sinait (Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho), que tem representação catarinense. Na matéria, o Sinait apontava as ações realizadas pelos auditores fiscais no Estado, inclusive no combate ao trabalho escravo (e infantil), reproduzindo imagens das condições desumanas em que viviam trabalhadores da[...]

    Leia mais
  • Parte mais delicada das obras da Ponte Hercílio Luz está começando

    Os céticos podem se conformar: a Ponte Hercílio Luz está entrando na fase mais importante de sua restauração, com as trocas dos cabos pendurais, iniciada na segunda-feira, 16/10. Logo, partir de novembro, começará a desmontagem das barras de olhal. Todas as peças novas foram fundidas especialmente para garantir segurança total à ponte a partir do segundo semestre de 2018, quando terminam as obras. Os trabalhos são delicados e realizados no período noturno.

    Governador (penúltimo da esquerda para a direita), com engenheiros e outras autoridades, na visita desta terça-feira, 17/10 - Carlos Damião
    Governador (penúltimo da esquerda para a direita), com engenheiros e outras autoridades, na visita desta terça-feira, 17/10 - Carlos Damião


    Na visita que fez ao canteiro de obras nesta terça-feira, 17/10, o governador Raimundo Colombo acompanhou o relato dos técnicos e demonstrou sua satisfação com o cumprimento do cronograma. Abordou a questão da utilização da ponte após a conclusão dos trabalhos, enfatizando que ainda não há uma decisão definitiva quanto ao uso – prioridade ao transporte[...]

    Leia mais